19 de novembro de 2011

VI Portus Alacer

Nos dias 18 e 19 de Novembro realizou-se o VI Portus Alacer, organizado pela EnfTuna, Tuna Académica da Escola Superior de Saúde de Portalegre. Nem a chuva ou o trânsito que teimavam em prender-nos em Lisboa, conseguiram suplantar a vontade que tinhamos de participar em tal espectáculo. Pouco a pouco fomos chegando a Portalegre, sentindo o friozinho que por lá estava e retocando os bigodes e as tranças dos mais distraídos. Isto porque os membros masculinos da VicenTuna, usando a desculpa de estarmos em plena Semana do Bigode, aventuraram-se a estilizar os seus pêlos faciais. Já as meninas,sempre na moda, ficaram-se pelas trancinhas (e que bem que estavam!).Juntando esta brincadeira ao facto de todos os caloiros terem tido a missão de cuidar de ovos de galinha durante todo o fim-de-semana, imaginem a festa que não foi! Infelizmente, nenhum restou para contar a história (ou para a fotografia), mas trágico foi o fim de muitos, acreditem. E nós que nos afeiçoámos a eles!

A actuação decorreu no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre (CAEP), logo na sexta-feira, e contou com a presença da Tum’ Acanénica de Leiria, da Tuna Económicas do ISEG, da Real Tuna Infantina do Algarve e, claro, da nossa VicenTuna. Enquanto nos preparávamos, fazendo os típicos aquecimentos e afinações, desertos para subir a palco, a nossa Magister chamou para integrar na formação a nova caloira – morria assim o bicho Marina, para dar lugar à nova pandeireta da VicenTuna.

Depois de muitas divertidas actuações e muita deliberação, o júri decidiu:
Melhor Serenata- Tuna Económicas
Melhor Instrumental- Real Tuna Infantina
Melhor Solista – Tum’ Acanénica
Melhor Estandarte – VicenTuna
Melhor Pandeireta – Tuna Económicas
Tuna do Público – VicenTuna (escolhido pelo público)
2ª Melhor Tuna – VicenTuna
Melhor Tuna – Tuna Económicas

Depois do espectáculo, fomos para o Largo da Câmara Municipal de Portalegre, a fim de baptizar os novos caloiros: GI Joe (que passou na Noite de S. Mortinho) e Trix, MarinaTRIX.
A festa durou o resto da madrugada na discoteca Crisfal.

No dia seguinte, devido ao mau tempo, o PassaCalles foi cancelado, mas aproveitamos para conviver com as restantes tunas e cantar um pouco, não fosse a chuva enferrujar-nos. Participámos ainda num pequeno jogo com a nossa querida tuna afilhada Real Tuna Infantina, em que mostrámos que juntos somos mais fortes, principalmente, no que diz respeito a beber vinho! À noite, no mercado municipal de Portalegre, continuámos com a alegria que nos é característica, jantámos, bebemos e dançámos muito ao som das mais belas músicas portuguesas! O prémio de “Tuna Mais Tuna” foi então entregue à nossa querida Real Tuna Infantina no final da noite.



Tal como no caminho de ida, em que houve paragens em Vila Viçosa e Estremoz, também à volta, alguns de nós optaram por fazer um desvio. Num saltinho fomos a Badajoz comprar caramelos e tentando prolongar o fim-de-semana de rambóia.


Deixamos aqui um grande abraço à EnfTuna e aos nossos guias Tá-Ti-Ta, BiToque e Rôla, que se juntaram, com enorme espírito, à VicenTuna e à enorme festança que foi Portalegre!

3 de novembro de 2011

Festa de São Mortinho

Começa mais um dia e aparentemente seria um dia normal, se não se tratasse do dia 3 de Novembro, data da festa de S. Mortinho, organizada pela VicenTuna. Tudo se resume a este dia: instala-se o stress e ansiedade resultante do trabalho árduo de várias semanas e noites mal dormidas para dar a todos a melhor festa de São Mortinho da Faculdade.


Estava tudo bem encaminhado, organizado e a hora aproximava-se: as portas do anfiteatro C3 abriram e foi iniciado o espectáculo. Entre um S. Mortinho e uma Morte, zombies, vampiros, um espanhol (“Um espanhol?!”), danças esquisitas e boa disposição do público, o serão começou-se a compôr. Por falar em danças esquisitas, gostaríamos também de agradecer à Patrícia por ter colaborado tão perspicazmente para encher a sala de gargalhadas.



video


Seguiu-se a actuação da Tuna Médica de Lisboa, convidada pela VicenTuna e muito aplaudida pela plateia. A Vicentuna teve o seu lugar a seguir, iniciando a sua actuação com o original "Lisboa das Cantigas". Após a música acabar, o Tuno Cristina chamou a palco pela primeira vez, o mais recente caloiro – GI Joe. Apesar de muito contente e nervoso, GI Joe conseguiu mostrar os seus dotes de porta-estandarte em frente a uma sala cheia. Seguiram-se a Leitaria Garret, Xácara das Bruxas dançando e Madalena. A festa continuou na FCUL com muita música, jogos, bebida e comida e muita animação.